Recife é a primeira cidade do país a ter um Conselho de Controle Social do Programa Academia da Cidade

O Conselho Municipal de Saúde do Recife empossou, na quinta-feira (31/08), o Conselho de Unidade do Polo da Academia da Cidade do Hipódromo, criado para atender as demandas dos profissionais e usuários do Programa Academia da Cidade (PAC).

Este modelo de Conselho de controle social é o primeiro deste tipo criado no Brasil e tem como grande objetivo dialogar e identificar os problemas, buscando soluções de forma coletiva para a melhoria dos trabalhos que são desenvolvidos para a comunidade.

A criação do Conselho de Unidade é uma luta antiga dos Profissionais de Educação Física do PAC e sua criação fortalece a categoria e principalmente os Profissionais de Educação Física que atuam no programa, que há tempos vêm buscando soluções para os problemas que enfrentam no dia a dia, como insegurança e a falta de estrutura.

O programa Academia da Cidade é ligado à Secretaria de Saúde do Recife e conta com cerca de 160 profissionais de Educação Física, que atendem a quase 32 mil pessoas nas diversas comunidades do Recife, promovendo saúde e qualidade de vida.

Em entrevista, a chefe de fiscalização Rosângela Albuquerque, que representa o CREF12/PE no Conselho Municipal de Saúde do Recife e no Conselho Estadual de Saúde de Pernambuco, disse que é muito gratificante representar o CREF12/PE nos Conselhos de Saúde e participar da implantação do primeiro Conselho de Saúde do Brasil do Programa Academia da Cidade. “Com a criação do Conselho no Recife, a cidade torna-se protagonista de um feito que entrará para a história da Educação Física, fruto do empenho dos Profissionais de Educação Física que atuam no PAC. Assim, quem ganha é o cidadão recifense que tem mais um espaço de controle social para lutar por saúde e qualidade de vida”, ressalta Rosângela.

 

Compartilhar no: