Brasão da República
Siga nossas Redes Sociais!

Dia Internacional da Mulher

O Dia Internacional da Mulher é uma data para avaliações e reflexões.

Para além da questão de valorização do gênero, trata-se de um momento importante, não somente para se fazer homenagens, mas também para discutir a condição feminina, de maneira aberta e propositiva, no Brasil e no mundo.

A mulher ao longo da história competiu na sociedade para conquistar seu espaço, até então obliterado pelo homem. Fazendo um retorno ao passado, vamos encontrar na Grécia Antiga marcas indeléveis desta conquista. Elas (as mulheres) não participavam dos debates públicos e políticos, apenas das festas religiosas. Mulheres, estrangeiros e crianças não podiam participar de decisões políticas.

Seguindo no tempo encontramos os Jogos Olímpicos modernos, inspirados nos antigos jogos gregos, a partir da idealização do francês Pierre Fredy, conhecido como barão de Coubertin (1863 -1937). Na sua primeira edição, realizada em Atenas no ano de 1896, não havia a participação feminina entre os quase 300 atletas

Finalmente, na segunda edição das Olimpíadas, em Paris, quatro anos depois, os jogos contaram com a presença feminina, oportunidade na qual a tenista britânica Charlotte Cooper sagrou-se campeão nas disputas de tênis, nas duplas e mistas, com seu parceiro Reginald Doherty.

Nos atuais Jogos Olímpicos, pela primeira vez, as mulheres vão competir em todas as modalidades nas quais os homens competem.

Nas imagens, a evolução física e do vestuário para a pratica do esporte.

Charlotte Cooper
A tenista russa Elena Vesnina

 

Na política e nos cargos de alto escalão a mulher ocupa espaços conquistados pela competência, inteligência e determinação que o cargo exige. Citamos abaixo alguns nomes que fazem jus aos cargos:

A diretora do Fundo Monetário Internacional (FMI) é a quinta mulher mais poderosa da política global.

Christine Lagarde, diretora do FMI

A chanceler alemã, Ângela Merkel, que foi eleita a mulher mais poderosa do mundo em 2017.

Na realidade falar da mulher e de todas as suas proezas na história do mundo daria um compêndio. Portanto, nos limitamos a fazer breves citações que traduzem a força, a inteligência e a sensibilidade de mulheres que se projetam em todas as áreas e ocupações no planeta e destacam-se por serem criativas, inteligentes e determinadas.

Parabéns a todas as mulheres do passado e do presente que constroem um mundo mais humano.

 

Texto: Jonas Coriolano, presidente da Comissão de Saúde e Qualidade de Vida do CREF12/PE.

Compartilhar no: