“Academia segura e acessível: direito de todos” foi tema de audiência pública em Jaboatão dos Guararapes

  • Post published:22 de fevereiro de 2019
  • Post author:
  • Post category:notícias

O CREF12/PE compareceu ontem (21) pela manhã ao Ministério Público de Pernambuco, em Jaboatão dos Guararapes, para uma audiência pública com órgãos de fiscalização e proprietários de academias do município. O conselho esteve representado pelo presidente em exercício, José Pinto Lapa (CREF 000309-G/PE), que compôs a mesa de abertura do evento.

A audiência foi realizada pela Promotora de Justiça Milena Mascarenhas Santos e teve como tema “Academia segura e acessível: direito de todos”. A Chefe de Fiscalização, Rosângela Albuquerque (CREF 000404-G/PE), e o Agente de Orientação e Fiscalização, Marcelo Santos (CREF 005785-G/PE), também estiveram presentes na audiência. Ele foi um dos quatro palestrantes, ao lado de representantes da Vigilância Sanitária, Procon e Corpo de Bombeiros.

Durante a palestra, Marcelo Santos falou sobre a importância da avaliação física. Procedimento essencial para o trabalho do profissional de Educação Física, que tem como objetivo reunir elementos para fundamentar a decisão na prescrição do treinamento. “Não é possível que um profissional realize uma prescrição de treino sem ao menos conhecer a condição física do seu beneficiário. Uma prescrição de treino sem uma avaliação física gera risco à saúde do indivíduo”, afirmou.

Outro ponto destacado da palestra foi referente a responsabilidade técnica. Cada pessoa jurídica precisa ter um profissional responsável pela entidade para tratar de assuntos perante ao CREF12/PE e aos órgãos de fiscalização. O responsável técnico tem como sua função principal “coordenar as atividades dos profissionais do quadro técnico e zelar pela boa qualidade e eficiência dos serviços que estão sendo prestados”, concluiu Marcelo.